21.11.06

Uma viola encantada

Ao longe ecoa aquele som, é um som que bem conheço… Adoro ouvir os acordes de uma viola… traz-me saudade de um Verão encantado à beira mar. O pôr-do-sol distante no olhar, os casais de enamorados a declarar os seus eternos sentimentos. E tu ao meu lado, simples, com um sorriso delicado nos lábios, que me transmitia a paz e confiança que precisava. Agora tudo és diferente, o sonho é diferente. Os acordes já não são os mesmos, nem tu estás mais ao meu lado…
A nostalgia revelada a cada passo, agora está em meu peito, essa tristeza efémera que não passa. Detesto dizer adeus quando quero ficar, detesto chorar quando quero esconder o que sinto por ti, detesto ter que fingir o que sinto.

1 comentário:

Ines disse...

sempre achei que eras muito mais corajosa do que eu por admitires sem receios os teus sentimentos....é 1a das tuas melhores qualidades....ñ fingas os teus sentimentos! continua a ser a rapariga corajosa q sempre foste.